O que eu preciso para abrir uma empresa?

Tomar a decisão de empreender leva tempo e gera muitas perguntas. Geralmente a grande preocupação inicial é definir o modelo de negócio e escolher o produto ou serviço que será oferecido, mas e depois, qual é o próximo passo?

Abrir uma empresa pode ser um processo um pouco demorado e exige paciência, pois existem algumas questões burocráticas que precisam ser resolvidas. Por isso, ressaltamos alguns dos pontos principais para te ajudar a tirar o seu negócio do papel e colocá-lo em funcionamento.

• Escolha qual será o tipo do seu negócio

Um dos primeiros passos é definir o tipo societário da empresa, ou seja, pensar em quantas pessoas estarão envolvidas no negócio e, com base nessa informação, optar entre Empresário Individual, Empresa Individual de Responsabilidade Limitada ou Sociedade Limitada.


• Defina qual será o porte da empresa

Agora que já sabe como será composto seu negócio, a próxima decisão deve ser o porte da empresa, há três opções: Microempresário Individual (MEI), Micro empresa (ME), e Empresa de Pequeno Porte (EPP).

O MEI é indicado para Empresários individuais e permite um faturamento anual de até R$60MIL, enquanto a ME permite faturamento de até R$360 mil e a EPP de R$ 360 mil até R$3,6 milhões.


• Abra oficialmente a sua empresa

Uma dica importante nesta etapa do processo é contratar um contador, pois o MEI pode ser aberto direto pelo empreendedor na internet, mas uma ME ou EPP devem ser abertas na Junta Comercial do seu estado. Então vale contratar um profissional para auxiliar nestas etapas e providenciar toda a documentação.


• Decida a localização da empresa

Outro passo fundamental é conferir junto à prefeitura se a atividade comercial que você deseja exercer pode ser praticada no endereço ou local que escolheu. A prefeitura irá analisar as limitações do zoneamento do município e emitir uma certidão de uso do solo, o ideal é fazer todo esse processo antes de alugar o imóvel, para evitar imprevistos.

É preciso também analisar se outras autorizações extras são necessárias, como autorização do corpo de bombeiros ou vigilância sanitária, entre outros.

Dependendo do ramo do negócio que deseja abrir, você pode também optar por não ter um escritório fixo neste início e trabalhar em um escritório compartilhado.


Finalizadas essas etapas, lembre-se de registrar a sua marca, seu domínio na web e começar a divulgar a sua empresa. Se ainda não sabe que ramo de negócio abrir, confira nosso outro post que aborda as 8 Principais Tendências para 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *